Vai vai vai, que descanse em paz Meu Pai que tenha honra e conforto ao lado de Deus, sei que suas dores agora acabaram....

Publicado por Jackson Lima em Domingo, 3 de janeiro de 2016

Seguir Por Email

Translate

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Terremoto de magnitude 7 destrói prédios e provoca devastação no Haiti

Um terremoto de  magnitude 7 atingiu nesta terça-feira (12) o Haiti, destruindo vários prédios e causando devastação no país da América Central.

Não há confirmação oficial do número de vítimas, e a infraestrutura de energia elétrica e as comunicações com o exterior foram bastante afetadas

Mas, segundo testemunhas, o abalo pode ter deixado centenas de vítimas. Não há relatos até agora de vítimas brasileiras, segundo o embaixador no país.

O tremor ocorreu às 16h53 locais de terça-feira (12), ou 19h53 de Brasília, de acordo com o Centro de Estudos Geológicos dos EUA (USGS) , que monitora e estuda tremores de terra em todo o mundo.

Segundo Dale Grant, analista do USGC, este foi o terremoto mais forte já registrado na região desde 1770. Antes, o mais intenso havia sido um tremor de 6,7 de magnitude em 1984.

Não há relatos totais de vítimas e feridos, mas a força do terremoto desta terça causou uma grande destruição, principalmente na capital, Porto Príncipe, onde vivem cerca de 2 milhões dos 10 milhões de habitantes do país.

O palácio presidencial, igrejas, o prédio onde fica o Banco Mundial e dezenas de casas desabaram.

Apesar da destruição do palácio, o presidente do país, René Préval, e a primeira-dama, Elisabeth Debrosse Delatour, estão a salvo, disse o embaixador do Haiti nos EUA, Raymond Alcide Joseph.

Relatos

De acordo com relato recebido do Encarregado de Negócios do Brasil em Porto Príncipe, Cláudio Campos, o prédio da Embaixada do Brasil sofreu sérios abalos, mas não houve vítimas entre os funcionários brasileiros. 

Segundo testemunhas ouvidas pela agência France Presse, o centro de Porto Príncipe ficou completamente destruído. Segundo um médico local, há muitos mortos.
Em entrevista ao
G1, um haitiano relatou que todos estavam com medo de voltar para dentro dos prédios na capital. 

O correspondente da agência de notícias Reuters na capital disse que vários prédios em Porto Príncipe desabaram e que há vítimas. "Tudo começou a tremer e as pessoas começaram a gritar, casas e prédios caíram... está tudo um caos", disse Joseph Guyler Delva. "Vi pessoas soterradas e pessoas mortas", completou.

Cerca de 200 pessoas estariam sepultadas sob os escombros do hotel Le Montana, segundo o secretário francês da Cooperação, Alain Joyandet. Segundo o relato dele, 300 pessoas estavam no local, mas apenas 100 conseguiram sair do hotel, um dos mais luxuosos do país. Joyandet disse à emissora "France Info" que 60 cidadãos franceses se refugiaram na Embaixada da França, cujo prédio foi pouco atingido

A porta-voz de um grupo de apoio católico no Haiti, Sara Fajardo, disse ter ouvido de um colega em Porto Príncipe dizer que o tremor pode ter deixado milhares de mortos. Segundo relatos de um correspondente da agência Associated Press, um hospital desabou em Petionville, e as pessoas ficaram desesperadas nas ruas.

O embaixador do Haiti nos Estados Unidos, Raymond Joseph, afirmou que o tremor é uma "catástrofe de enormes proporções". Ele disse que, apesar da destruição no palácio nacional, o presidente do país, René Preval, e a primeira-dama, Elisabeth Debrosse Delatour, passam bem após o tremor.

O norte-americano Luke Renner, fundador da ONG Hands Across Haiti, está em Cap Haitien, cerca de 57 quilômetros ao norte da capital Porto Príncipe, e falou por telefone ao G1.

Ele disse que sentiu o terremoto mas que na cidade não houve estragos. Ele afirmou que não está conseguindo contato com amigos na capital por telefone, mas que teve notícias de alguns deles pela internet dizendo que os estragos são "extensos" em Porto Príncipe.


http://g1.globo.com

 
http://jacksoow.blogspot.com

O blog de entreterimento, videos e piadas do jacksoow

Mande sua sugestão:
jackson_lima@globomail.com